Elis - Filme

A trajetória meteórica da cantora Elis Regina chega às salas de cinema do país nesta quinta-feira, dia 24 de novembro. “Elis”, de Hugo Prata, é uma coprodução da Globo Filmes, e estreia de forma triunfante, depois de levar três Kikitos no Festival de Gramado 2016 – melhor filme pelo júri popular, melhor atriz para Andréia Horta e melhor montagem para Tiago Feliciano.

 Mulher Melancia faz mais uma tattoo: “Significa poder e proteção”

O filme aborda a história de Elis Regina desde sua chegada ao Rio com 19 anos até sua morte trágica e precoce. Apesar de todas as dificuldades, o sucesso vem fulminante e a vida de Elis Regina ganha projeção nacional e internacional. A jovem de origem humilde se torna uma das maiores artistas da música e é considerada até hoje uma das maiores cantoras do Brasil.

 Após treze anos, Bruno Laurence é dispensado pela Globo

Algumas passagens relevantes da carreira e da vida pessoal da gaúcha são destacados: a chegada ao Rio no dia do golpe de 1964, o primeiro contato com Ronaldo Bôscoli, a parceria amorosa e artística com César Camargo Mariano, a maternidade, a criação do espetáculo “Falso brilhante” e o fim da vida. “Era uma mulher intensa que foi tragada pela própria labareda. Era um caos e, ao mesmo tempo, uma pessoa muito lúcida”, destacou Andréia Horta, que passou por cinco meses de preparação para encarnar a Pimentinha.

 Cleo Pires explica o que a impediu de ir ao casamento de Fábio Jr.

Estreante no cinema, Hugo Prata conta que escolheu filmar a cinebiografia de Elis por seu gosto pela música. Ele dirigiu mais de 60 videoclipes, de artistas como Ivete Sangalo, Lenine, Zélia Duncan, Djavan, entre outros. “Ouço Elis desde que nasci, em plena era dos festivais. Sou de abril de 1965, mês e ano em que ela explode cantando ‘Arrastão’”, explica.

 Sem photoshop, Bruna Marquezine posa sexy com look despojado e sem sutiã

O longa traz Gustavo Machado como Ronaldo Bôscoli; Caco Ciocler como César Camargo Mariano; Lucio Mauro Filho interpretando Miéle e grande elenco. O filme foi rodado no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Paris entre agosto e setembro de 2015. A produção é da Bravura Cinematográfica, e distribuição da Downtown Filmes e Paris Filmes.

Compartilhar: