imagem-destaque-recuperado

Como você pôde ler aqui, a nova sequência de “Crepúsculo” pode estar a caminho e o estúdio quer que Stephenie Meyer, autora da saga, se motive com eles nessa empreitada. A questão é: como poderia ser essa nova história agora que o arco principal não deixou pontas abertas?

Leia mais: Na Globo, “O Homem de Aço” supera “Os Vingadores” e “Tela Quente” tem a maior audiência desde março

Confira 5 idéias de histórias do mundo vampiro que poderiam ser adaptadas para as telonas:

1) A Descrença no Amor: Esse ano tem sido uma verdadeira prova de fogo para os casais! William Bonner e Fátima Bernardes, Brad Pitt e Angelina Jolie… Já estamos esperando Marge e Homer jogarem a toalha também. Se a coisa seguir assim, e se Edward e Bella também passarem por alguma crise no relacionamento? Os motivos podem ser vários: novo interesse amoroso, traição, o desgaste da eternidade… Talvez o “para sempre” realmente não seja tanto tempo quanto eles esperavam.

Leia também: Thomaz Costa vive nova fase profissional e volta aos cinemas em filme espírita

2) Vira-Tempo: Os vampiros de Stephenie Meyer tem sido os mais exóticos da história até agora. Fora o básico (beber sangue, maior força, melhor visão, etc.), eles brilham sob a luz do Sol e tem poderes específicos (ver o futuro, telepatia, incitar dor e outros). Voltar no tempo é uma temática muito bem explorada em Hollywood. E se algum vampiro, aliado aos Volturi, por exemplo, fosse capaz de mudar o passado? E se tivessem mesmo executado Edward e aí Bella tivesse ficado com Jacob? Os Cullen perdoariam Bella? Jacob teria tido imprinting por outra pessoa? Bella teria se aliado aos Volturi? O que uma simples mudança no passado teria causado?

Veja ainda: Último filme de Domingos Montagner é premiado em festival nos Estados Unidos

3) Jacob Vampiro: a mitologia de “Crepúsculo” explorou vampiros puros e vampiros híbridos (meio vampiros, meio humanos). O que aconteceria se um lobo quisesse se transformar em vampiro? Todos sabemos que Renesmee atingirá a forma adulta e ficará daquele jeito para sempre, mas Jabob ainda há de sofrer com o passar dos anos. Talvez isso e um pedido da filha de Bella fosse suficiente pra fazer ele desejar a imortalidade, coisa que poderia desencadear uma nova vertente para os dois mundos e um novo encontro no campo de batalha com os Volturi.

Leia mais: “Star Wars” | O premiado Bradford Young fará a fotografia do filme solo de Han Solo

4) Segredo às Sete Chaves?: E se o universo vampiresco se revelasse pra humanidade? Todos sabem que se os vampiros fossem mesmo reais, dificilmente seria um segredo que não seria descoberto ou que algum deles topasse esconder pra sempre. Os países tentaria integrar os vampiros à sociedade? Eles seriam sequestrados e estudados? Não seria o fim do mundo, mas levando em conta os fanáticos religiosos e a intolerância, essa revelação tenderia a virar uma espécie de apocalipse. Ou será que… Vampiros não seriam novidade pro governo?

Leia também: Trilha sonora de “Esquadrão Suicida” quebrou recorde que nenhum outro filme conseguiu em 2016

5) Aniquilação: Caçar vampiros não seria tarefa fácil, mas poderia ser uma realidade. Vamos imaginar o cenário em que esse extermínio fosse por parte de algum vampiro infiltrado querendo extinguir a própria espécie. Sabemos que em “Crepúsculo”, nem todos os transformados foram por escolha. Rosalie é uma que acabou sendo vítima do acaso, assim como Edward e Esme, todos transformados em momentos de necessidade. Como seria pra alguém que abomina esse universo viver por baixo dessa pele? Nem todos estão dispostos a viver pra sempre, a beber sangue, abandonar entes queridos… Enquanto há quem se adapte, há quem possa ter vocação pra forte ódio e uma boa sede de vingança.

Compartilhar: