No domingo passado (06), durante a exibição de uma matéria com o Rodrigo Scarpa, o repórter Vesgo, e Daniel Peixoto, o Alfinete, no “Pânico na Band“, o número da apresentadora e atriz Antonia Fontenelle foi exposto para todo o país.

A reportagem era sobre a briga entre Fontenelle e Nicole Bahls, que já é conhecida do grande público há tempos. Não há informação se foi um erro de edição ou proposital, mas a loira, que está grávida, disse que o humorístico não ficará impune. Em entrevista à Sonia Abrão, no “A Tarde é Sua“, da RedeTV!, ela comentou o caso: “Eu achei de uma deselegância o que eles fizeram comigo. Torcidas de futebol me ligando, uns dizendo que me amam, outros dizendo que me odeiam, gente me colocando em grupos. Eles sequer pensaram ‘poxa, a Antônia está grávida’

No seu próprio canal do YouTube, a mulher de Jonathan Costa explicou que não iria processar a atração da Band por dinheiro, mas sim pelos danos ocasionados à ela. “Foi uma irresponsabilidade da própria Band, do Emilio [Surita], do Alan Rapp [diretor do ‘Pânico na Band’] e do próprio Vesgo. Não estou pensando em ganhar dinheiro às custas do ‘Pânico’. Você não fica rica com danos morais nesse País. Eu só quero que eles saibam que não se pode fazer isso. Eu vou processar nas varas cível e criminal. Não posso deixar passar mais uma vez, porque, senão, isso nunca vai acabar. Não quero mais saber, eu não guardo raiva, rancor, mágoa, mas eles não vão poder mais se aproximar de mim, não vão poder mais tocar no meu nome“.

Antonio chegou ainda a comentar a audiência do programa, dizendo que não é mais a mesma. Ela citou que quando aparecia no “Pânico”, o IBOPE saltava de 6 pontos para 12, afirmando que é um número alto para a própria Band. Realmente, a trupe de Emílio registra em torno de 5 e 6 pontos na Grande São Paulo, e vê a forte concorrência do “Encrenca“, da RedeTV!.

Compartilhar: